Translate

terça-feira, 23 de abril de 2013

Os golpes mais comuns aplicados em turistas

Uma matéria da Folha de SP trouxe um levantamento dos golpes mais aplicados em turistas no exterior. A dica é do meu querido Cleber, um dos meus bat-colaboradores de longa data :) Veja só:


Os 10 golpes mais comuns praticados contra turistas:
1. Falsa Polícia
Policiais de araque podem tentar acusá-lo de um crime que você não cometeu para, por exemplo, cobrar uma multa alta, a ser paga na hora. Cheque a identificação do policial e contate a (verdadeira) polícia se tiver dúvidas.
2. Pedras de mentira
Motoristas de táxis levam turistas a lojas nas quais os preços são bons demais para serem verdade. Desconfie. Suas novas ‘jóias’ podem, na verdade, ser vidro polido.
3Distração
É bom ficar sempre atento aos seus pertences e não deixar à mostra celulares, carteiras e dinheiro. Uma distração é o que os bandidos precisam para furtar objetos pessoais sem o viajante perceber.
4. O golpe do bar
O viajante, em geral homem, é abordado por maradoras locais que o convida para ir a um bar. Após alguns drinques, o grupo vai embora sem pagar a conta.
 5. Taxistas trapaceiros
Os golpes mais comuns são cobrar mais pela tarifa ou dizer que o hotel/bar/restaurante escolhido pelos passageiros está fechado, mas que ele sabe de um melhor logo ali. Utilize somente táxis licenciados (se possível, combine uma tarifa fixa) e certifique-se por si mesmo de que o estabelecimento está ou não fechado.
6. Não é de graça
Um morado local aparece fantasiado e se oferece para posar para uma foto. Tirada a foto, ele (ou ela) pede um preço alto pela pose. Para piorar, pode haver um comparsa que tira a foto e não devolve sua câmera
7. Roubo de câmeras
Aquele momento de empolgação que todos querem sair na foto e não sobra ninguém pra tirá-la. Pense bem ao entregar a câmera fotográfica a um desconhecido, nada o impede de sair correndo com ela.
 8. Trens Lotados
Aquela trombada foi um acidente ou alguém tentando levar sua carteira? Os furtos são mais comuns nas redes de transporte de Nova York, Paris e Londres, sempre cheias, mas podem ocorrer em qualquer lugar. Um golpe em particular é comum em certas partes da Itália: minutos antes de o trem partir, dezenas de pessoas invadem os vagões para levar objetos dos viajantes.
9. De onde você vem?
Dizer para os comerciantes seu país ou cidade de origem pode ser uma péssima ideia. Dependendo do lugar, os comerciantes podem pensar que você tem muito dinheiroe elevarem os preços dos produtos. Uma boa dica é dizer o nome de um país inexistente ou algum lugar que ele não conheça, como seu bairro.
 10. O truque da pulseira
Uma pessoa se aproxima falando sobre atrações turísticas e, de repente, amarra uma pulseira em seu braço. Se você se recusa a pagar, o golpista começa a gritar que você está roubando a pulseira.


terça-feira, 16 de abril de 2013

Do aeroporto ao Centro de Montevidéu

Sair do aeroporto de Carrasco e chegar ao Centro de Montevidéu é uma tarefa bem fácil. Demora cerca de quarenta minutos.. (não peguei trânsito). A dica é: fuja dos táxis!!!! até mesmo porque no aeroporto de lá só são autorizados a pegar passageiros os táxis executivos de cor branca, que custam, no mínimo, 500 pesos a mais que qualquer corrida normal - isso significa um rombo de pelo menos R$ 50 reais a mais na sua corrida.

Então, temos a opção econômica e a supereconômica. A primeira delas você pode comprar ainda dentro do aeroporto, num guichê ao lado direito do desembarque. É uma van shuttle. São cobrados 250 pesos por pessoa - cerca de R$ 30 - e ela te deixa na porta de onde você for ficar. O ponto negativo é que, se tiver só você, você terá que esperar preencher um grupo de pelo menos cinco pessoas para que ela saia. Ok, isso não é lá grandes coisa, principalmente porque chegam voos a todo momento e sempre tem alguém comprando o lugarzinho na van. Fora que é uma ótima forma de começar a se ambientar na cidade. O motorista da nossa passou pela rambla todinha, tive visões privilegiadas e ainda passei por dentro de vários bairros para deixar os coleguinhas!! Tudo tem seu lado positivo e divertido, viu?

E sobre a opção supereconômica vou ficar devendo as informações.. tem um ônibus que sai do aeroporto, o ponto é bem na frente, superfácil de achar.. mas não sei o preço (que blogueira amadora, tsc tsc tsc.. hahaha). Ele para na rodoviária da cidade e de lá tem que pegar outro ônibus ou um táxi para o local que você for.. mas é menos de 60 pesos, com certeza.

domingo, 14 de abril de 2013

O aeroporto de Montevidéu

A ideia era começar a escrever o post falando de como sair do aeroporto de Carrasco, em Montevidéu, e chegar ao Centro da cidade. Mas, ao colocar as primeiras palavras aqui, começaram a surgir tantas lembranças boas que percebi que o aeroporto de Carrasco, em si, merecia um post só pra ele.

imagem retirada da internet
Esse belíssimo, novinho e moderno aeroporto fica a uns quarenta minutos do Centro de Montevidéu. É pequeno, mas eficiente. Já na chegada, pouca fila para a imigração - o que, aliás, foi muito rápido. Depois, mais rapidez nas esteiras para retirar a bagagem.


Ao sair do desembarque dá para ter noção da organização. Do lado direito ficam as empresas de táxi e a de translados para o Centro e outras partes da cidade. O embarque é realizado no piso superior. Tudo bastante novo e muito limpo. As opções de comida, no entanto, são bem escassas.. você tem dois McDonalds na área comum, e, dentro do embarque, um café, apenas.


Achei graça de duas mulheres conversando e falando dos banheiros.. realmente nunca havia entrado num banheiro de aeroporto tão limpo - desconsidere aqui o aeroporto de Toronto, ele é um capítulo à parte, tudo lá é bom. As mulheres falavam sobre não precisar encostar na privada para dar descarga, que é automática, basta se afastar da privada para acioná-la (ok, isso tem no shopping aqui em Vitória, mas achei graça das brasileiras comentando isso.. eu que pensei que eu era do interior.. rsrs).

Outro ponto mais que positivo é um grupinho de cadeiras espreguiçadeiras, ótimas para quem está numa longa espera e quer descansar, colocadas na frente dos portões de embarque. Fiquei me deliciando em duas delas nas duas horas que tive que ficar esperando meu voo!

as cadeiras espreguiçadeiras no embarque internacional
O freeshop também é bom, e os preços dos perfumes e chocolates são bem melhores que os dos freeshops no Brasil. Aproveite :)





sexta-feira, 12 de abril de 2013

Transporte em Montevidéu

Andar de ônibus em Montevidéu é literalmente uma aventura rsrsrs. Brincadeiras à parte, foi lá que, pela primeira vez na minha vida, vi uma pessoa dirigindo um ônibus, cantando, pegando dinheiro da passagem e dando o troco ao passageiro, dando informação, tudo junto ao mesmo tempo, com o ônibus em movimento. O cara, realmente, é um ninja! rsrs

Falando sério agora: a passagem de ônibus custa 20 pesos uruguaios, cerca de R$ 2,40. Na maioria deles é o próprio motorista que cobra a passagem, mas em alguns - poucos - há trocador. São veículos não muito novos, mas bem conservados. E que circulam bastante, o tempo todo - não precisa ficar mofando no ponto de ônibus (a melhor parte!!).

O desembarque pode ser feito tanto pela porta dianteira quanto traseira do veículo. Ah, e cuidado! Em muitos deles não há cordinha para dar o sinal do ponto. Tem um botão em cima da porta e você deve apertá-lo. Ou ir até a porta da frente e descer o primeiro degrau que o motorista para.

ônibus uruguaio

Quem quiser se aventurar de táxi, lembre-se de entrar na parte traseira do veículo. Praticamente 100% dos táxis de Montevidéu têm um vidro que separa o motorista do passageiro, para evitar assalto e agressões, segundo um motorista me contou. O dinheiro da corrida e o troco são passados por uma abertura de metal que tem bem no centro do veículo, abaixo do vidro. E, pelo que eu vi, não é caro andar de táxi, pelo contrário, se estiver em dois ou três compensa bastante.

Só não compensa sair do aeroporto de táxi, porque o preço é exorbitante - até mesmo porque, por lá, só os táxis brancos podem pegar passageiro. Na cidade circulam os amarelo e preto (será que é uma homenagem ao Peñarol? Ou influências argentinas?? rsrsrs).


quarta-feira, 10 de abril de 2013

Onde comer em Montevidéu: Don Peperone

Turismo gastronômico sempre agrega valor às viagens. Imagina, então, um restaurante tradicional, com pratos saborosíssimos, e um preço condizente. Em Montevidéu, um deles é o Don Peperone. Com sete filiais espalhadas pela cidade, visitei a da Ciudad Vieja e gostei bastante. Comemos, de entrada, uma salada muito gostosa. Depois, carrrrrrrrrrne! (Ir para o Uruguai e não comer aqueles maravilhosos bifes de chorizo ou similares não tem graça!!) e batata! haha nada mais típico!

Don Peperone Ciudad Vieja
Sarandi, 650 (é muito fácil de achar, fica na esquina com a Bartolomeu Mitre)

Foto retirada do site do Don Peperone


segunda-feira, 8 de abril de 2013

As primeiras impressões de Montevidéu

Montevidéu, Montevideo.. sim, a capital uruguaia entrou, de fato, para a lista das cidades que mais gostei de conhecer.. a linda Montevidéu - vou continuar com o nome aportuguesado mesmo - é, no mínimo, encantadora!! Para conhecer a cidade, basta estar disposto a caminhar e ter um mapa em mãos. É muito fácil andar por lá e, como é uma cidade pequena, não vai levar muito tempo para visitar os principais tempos turísticos e se dedicar à explorar os não tão turísticos assim. Montevidéu é uma cidade limpa - menos a parte da Ciudad Vieja -, calma e acolhedora.

Foto tirada de dentro da van, no dia em que cheguei a Montevidéu
Para mim, uma das surpresas foi o pôr do sol.. todos os dias, no fim da tarde, fazia questão de ir caminhar nas ramblas - é como se fosse a beira-mar deles -, que cortam toda a cidade.. em dias de calor, é por lá que as famílias se reunem.

Na Rambla Republica de Chile
 Em termos de gastos, Montevidéu é uma cidade em que não é caro comer, mas é caro beber. Uma simples garrafinha de água pode sair por R$ 9 nos restaurantes.. No supermercado Ta-Ta você ainda consegue comprar mais barato, mas não sai por menos de R$ 4. Refrigerante é a mesma coisa.. cerveja de um litro custa, em média, 130 pesos uruguaios, cerca de R$ 15.

O pôr do sol é lindo!!
 Vale a pena a visita! Voltarei em breve :)

A lua vista da Rambla Republica de Peru

sábado, 6 de abril de 2013

é...

... estou em falta com isso aqui.. a vida está corrida.. mas, em breve, volto com dicas quientinhas do uruguai, um país lindo que conheci recentemente :)