Translate

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Teresópolis: o charme da região serrana do Rio

Teresópolis é uma cidadezinha encantadora,na região Serrana do Rio de Janeiro. A começar pelo clima ameno - exceto alguns poucos dias do verão, quando não chove. É rodeada de matas e sede de um dos parques mais gostosos para se caminhar e relaxar em cachoeiras, o Parque da Serra dos Órgãos.






Um dos meus lugares favoritos de lá é o Soberbo - que fica logo na entrada da cidade e, além de ser um dos pontos mais frios da cidade, tem um lindo espaço de mirante. Nos dias ensolarados e sem neblina, de lá se pode ver a cidade do Rio de Janeiro. É mágico. De lá também se tem uma visão privilegiada da pedra Dedo de Deus, um dos marcos de Guapimirim, cidade vizinha. Aos domingos, vale a pena dar uma passada na feirinha que rola na cidade.


Para comer, gostei muito de um restaurante chamado Vagão - e o nome tem tudo a ver com a ambientação do local. E a maior novidade da região, pelo que contam os moradores, é a Vila St. Galen, recém-inaugurada. A vila conta com restaurante, cervejaria e um bar, tudo no mesmo local. Aqui você confere uma matéria sobre lá.



sexta-feira, 17 de maio de 2013

Guinness Storehouse


A fama da Irlanda de ser um país boêmio fica ainda mais completa quando você faz a visita à Guinness Storehouse - a fábrica de uma das melhores cervejas (pelo menos para mim) que existem. E a melhor parte, claro, é fazer a degustação! (risos)





Por lá você pode conhecer parte da cervejaria original, aprender sobre Arthur Guinness (esse maravilhoso ser que teve uma ideia genial e saborosíssima rsrs), ver como se dá o processo de produção da cerveja, tendo um gostinho todo especial do que há de melhor na Irlanda - saboreando uma pint de Guinness com uma vista magnífica de 360 graus sobre a cidade no Gravity Bar - o bar panorâmico da casa. 






Fundada em 1759, a fábrica fica próxima (nem tanto, mas no mesmo sentido) da Christ Church. A Guinness é considerada uma das maiores exportadoras de cerveja do mundo, são mais de 300 milhões de litros por ano. Lá dentro também há uma loja, onde você pode comprar alguns presentinhos para a família, amigos, e para você mesmo (ok, eu confesso que fiz a festa!!! hahaha).


A Guinness Storehouse abre diariamente das 9h30 às 17h (em julho e agosto, meses do verão, abre às 8h) e a entrada custa 14 euros para os adultos e 9,50 para os estudantes (bom, gente, isso quando eu fui.. se aumentou não sei..)


 


quarta-feira, 15 de maio de 2013

Temple Bar: o quarteirão boêmio de Dublin

O quarteirão mais boêmio de Dublin tem seu charme especial.. Temple Bar pode ser considerado um dos lugares mais turísticos da cidade, mas, mesmo assim digo, em alto e bom som, que me sentia em casa por lá. O Temple Bar tem seu charme.. e tem um pub que possui o mesmo nome da região - sim, foi ele nosso maior refúgio nos dias em que estivemos na ilha da esmeralda.. não teve um dia em que não passamos por lá, pelo menos para tomar uma pint ou escutar uma boa música irlandesa.


Lembro-me com muito carinho das pessoas que por lá conheci, dos amigos que reencontrei e dos sorrisos e  momentos maravilhosos e muito alegres que vivi nesse local. Por lá, não só turistas: também irlandeses, sedentos em colocar a conversa em dia e aproveitar uma noite (ou tarde) de boemia. (E claro que nosso albergue ficar exatamente nessa área colaborou ainda mais para que isso se tornasse realidade).



A região do Temple Bar ainda contempla alguns clubes noturnos e restaurantes e lojas excêntricas... Por lá você encontra de tudo - principalmente gente humilde, elegante e sincera que procura colocar seu lado irish em prática!







quarta-feira, 1 de maio de 2013

Mala

Quem em conhece sabe que eu sou apaixonada por malas - não que eu tenha muitas, tenho duas (uma grande e uma pequena), na verdade - mas sempre que posso gosto de ficar admirando a capacidade de serem compactas, resistentes e com um design pra lá de bonito. O sonho de consumo, na verdade, sempre foi ter uma Samsonite - e não pela fama que ela tem de ser uma das melhores -, mas sim pelo fato de ela concentrar todas as características que eu busco quando quero uma mala.

E, já não bastante os atrativos já existentes, a Samsonite lançou uma mala (Samsonite Cosmolite) muito resistente e, ao mesmo tempo, uma das mais leves do mercado. O vídeo é pra ficar de boca aberta! Ponto pra Samsonite!! Eu quero! :)



Agora veja outro teste feito com a Samsonite Cosmolite!



É ou não é chocante?!